Skip to main content

Como escolher o kite certo?

Como escolher o kite certo?

08/05/2022

08/05/2022

Tempo estimado de leitura: 10 minutos

Pergunta difícil, viu! Eu entro em cada missão aqui nesse blog que nem eu mesmo entendo como. Haha! Mas eu vou dividir tudo que eu sei para te ajudar a escolher o kite certo na hora da compra.

Definir um kite leva em consideração uma série de fatores que em conjunto irão definir o melhor equipamento pra VOCÊ!

Dentre esses fatores na escolha temos a modalidade a ser praticada, a quantidade de vento disponível, seu nível de controle e técnica, a quantidade de vento disponível, a posição desse vento, o tipo de água a ser velejada(mar mexido, flat, lagoa), o peso do rider e seu orçamento disponível para o esporte.

Mas pra ser didático e não tomar muito o seu tempo, irei usar apenas alguns desses fatores e te ajudar a definir o melhor kite em vários cenários e antes disso dizer qual eu uso:

Eu uso o Reedin SuperModel V3 nos tamanhos 7 e 10 porque faço várias disciplinas e quis um kite que atendesse bem em todas elas, ao invés de vários kites específicos para cada modalidade.

1. Defina a modalidade a ser praticada:

Para cada modalidade os fabricantes fazem kites com características diferentes, onde cada kite irá performar melhor na modalidade a qual foi projetada.

Você poderá usar um kite de wave para freestyle, mas provavelmente irá sofrer muito para conseguir executar os truques, principalmente se estiver aprendendo.

Então o ideal é definir aquilo que você quer fazer na água para escolher o modelo ideal.

Modelo para Freerider

Você é aquele cara que quer apenas passear na sua prancha bidirecional, dar alguns saltos e aprender uns frontroll, backroll, etc? Se sim, seu kite é um modelo freerider e todas as marcas tem um desse no lineup para você escolher.

A Ozone tem dois modelos maravilhosos para essa modalidade: Enduro e Edge, sendo esse segundo mais avançado que o primeiro.

Duotone tem o EVO, REBEL e até mesmo o NEO funciona como bom kite freeride. F-one tem o bandit, Core tem o XR, Cabrinha tem o Switchblade e Moto, etc.

Modelo para Kitewave

Já se sua praia é velejar de kitewave apenas, investir um kite especialista em ondas é o ideal. Esses kites são projetados para ter mai drift, serem bem controlados mesmo com a barra em depower, ter loop mais no eixo e não puxar demais para te tirar das ondas.

Com um kite especialista em wave você vai evoluir mais no seu surf do que pelejando pra não estolar um kite freeride/big air de 5 talas enquanto surfa.

Várias marcas tem esse tipo de kite no quiver como o Duotone NEO, F-one Bandit S, Naish Pivot, Core Section e Ozone REO.

Modelo para Hydrofoil

Quem veleja de foil geralmente veleja com ventos marginais na casa dos 10 nós e para isso o mais importante no kite é leveza. Eu recomendo demais um kite de uma tala para esse trabalho, pois são super leves e tem melhor performance quando o assunto é hydrofoil no vento fraco.

Agora quem quer hydrofoil race, ai pode querer um kitefoil como o Ozone R1 V4 ou mesmo o Ozone Edge, caso queira um inflável bom pra race no vento forte.

As marcas Duotone tem os modelos Juice e MONO, a Core tem o X LITE 2, Cabrinha tem o Contra e Ozone tem o Catalyst e Alpha.
Eu uso o Alpha V2 da Ozone e posso recomendar esse modelo de olhos fechados, pois é incrivelmente leve e bem construído.

Gosto de várias modalidades e só posso ter um kite. E aí?

Nesse caso você precisa buscar um modelo all around. Bom em tudo, mas sem especialidade específica.
São modelos mais versáteis e que têm características mais universais que agradam velejadores nas mais diversas modalidades.

Então é o kite perfeito? Não, é um kite que agrada o velejador que quer praticar o máximo de modalidades mas tendo apenas um único kite coringa, só que ele não vai performar tão bem quando um kite especialista em sua modalidade.

A Reedin tem um dos que eu acho que é o melhor do mercado, muito versátil e com qualidade que agrada velejadores numa grande gama de estilos dos iniciantes aos avançados.

Duotone tem no quiver o EVO SLS, f-one tem o Bandit normal, Core tem o NEXUS, Cabrinha tem o Moto, Ozone tem o Enduro e assim por diante.

Se você é esse cara que quer fazer tudo e só ter um kite, procure o ALL AROUND da sua marca preferida.

2 – Seu peso conta muito na escolha do tamanho

Uma vez definido o modelo, você precisa escolher o tamanho do seu kite e quem define isso pra mim é mais o peso do rider do que o vento.

Muitos velejadores pensam que um kite de 5 talas 13, 15 ou mesmo 17 é para velejar com vento fraco, mas apesar de ter um pouco de verdade nisso, o verdadeiro motivo desses tamanhos de kite existirem é possibilitar uma pessoa com 100kg ou mais se divertir com o mesmo vento que um magrinho de 60KG estaria se divertindo com um kite tamanho 8.

Vai ser difícil definir um tamanho de kite para cada peso aqui, pois além do peso do rider, o modelo do kite, a modalidade a ser praticada e a quantidade de vento também influenciam no tamanho.

Mas vamos colocar alguns cenários aqui pra ajudar a te orientar.

VELEJADOR DE 80KG COM BOA TÉCNICA E VENTO MÉDIO DE 16-18 NÓS (moderado)

Freeride: um kite 10 ou 11 metros ficaria ideal, podendo ser menor ou maior a depender do gosto e tamanho da prancha e nível de velejo.

Kitewave: um kite 8 ou 9 funcionaria muito bem nessa condição de vento.

Hydrofoil: para um foil surf de kite, a partir de 4 metros seria possível, mas o ideal ficando num 6 ou 7 metros. Se for Race, aí o céu é o limite, pode colocar kite e preparar pra correr.

VELEJADOR DE 80KG COM BOA TÉCNICA E VENTO MÉDIO DE 20-25 NÓS (forte)

Freeride: um kite 8 ou 9 metros ficaria ideal, podendo ser menor ou maior a depender do gosto e tamanho da prancha e nível de velejo.

Kitewave: um kite 6 ou 7 funcionaria muito bem nessa condição de vento, depende só se você quer mais pressão ou mais aproveitamento da onda.

Hydrofoil: para um foil surf de kite, o 4 ou 5 metros seria ideal para não ser arrastado demais. Quem gosta de mais pressão pode aumentar o kite e ser feliz nessa bufa.

3 – Saiba qual a velocidade média do vento no pico que você mais veleja.

A velocidade do vento é um dos fatores principais na escolha do tamanho do kite que você vai comprar também.

Quem veleja no litoral leste do Ceará geralmente encontra ventos mais moderados a fraco, já o litoral oeste é onde o vento papoca.
Aqui em Fortaleza temos uma média de 13-14 nós na baixa temporada(exceto dias de chuva) e de 18-25 nós na alta temporada (com dias de fraco ou dias de mais vento ainda).

Baseado nisso, quem quer velejar o ano inteiro precisa ter pelo menos dois kites no quiver ou ter um único kite mas adicionar um foil para os dias de vento fraco.

Se eu fosse ter um único kite seria o Ozone Alpha V2 10 metros, que usaria no kitewave de 16 a 22 nós e no foil de 8 a 15 nós.

4 – Usado ou Novo?

Essa é uma dúvida de muita gente e eu tenho uma opinião forte sobre o assunto.

Eu prefiro o NOVO! Tudo que é novo é bom, tem garantia e é certeza que tá tudo certo. Nada melhor que tirar um kite zero da bolsa e encher pela primeira vez para fazer um velejo.

Mas claro, nem todo mundo pode comprar um kite zero, pois o preço é bem alto. Aí vem o mercado de usados com opções excelentes e outras nem tanto.

Cabe ao velejador olhar bem o kite, conferir se há reparos, saber a fonte do material, observar se o tecido está com estrias, se as linhas estão puídas, etc.

Se você tá começando e não tem o olhar atento para os detalhes, chame seu amigo que tem mais tempo de velejo para olhar com você.

Aqui no Ceará, as melhores ofertas de kites seminovos aparecem no final da temporada em dezembro quando os kitesurfistas estrangeiros começam a ir embora.

Ah, pra finalizar: não recomendo você a comprar kites com mais de duas temporadas de uso. As linhas dos cabrestos já estão mais esticadas e meio desreguladas, o tecido já está muitas vezes enfraquecido do sol e vento e com isso a perfomance do equipamento é reduzida, atrapalhando sua evolução como velejador.

5 – Conclusão

Espero que esse artigo tenha trazido alguma luz para te ajudar na decisão. Qualquer dúvida ou algo que não tenha ficado claro, comente abaixo que eu respondo e atualizo o artigo.

Forte abraço e bons ventos!


Comentário (1)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conversar
1
Quer comprar seu equipamento?
Hey, somos parceiro dessa marca irada e se você quiser cotar valores dos equipamentos, fala agora mesmo no WhatsApp diretamente com o distribuidor ou visite o site da Orca Sports aqui: VISITAR SITE